30 de outubro de 2011



Quisera,voltar a ser criança.
Correr pelo terraço,
ser rei,cavaleiro,
por chapéu de mago.

Quem dera os sonhos encantados;
Principes e Princesas,
com giz de cera desenhados.
Um esperar com gosto de amanhã.

Pudera,voltar áquele passado,
suspiros,broas e melado.
bailarinas de papel machê.

Infância...
Hoje,a lamparina reacende.
Tem cantiga de roda,bala de goma,
estrela cadente...

E uma lágrima vertente,
de saudade.
Na vontade de rever-te.


Patty Vicensotti



2 comentários:

  1. Só não volto porque demoraria muito pra conhecer você.
    Te amo!

    ResponderExcluir

Signifique.
Deixe na vida alguma coisa terna.
Eterna.

(Patty Vicensotti)